Estudos preliminares de Segurança e Ventilação dos túneis da L4 do Metrô do Rio de Janeiro

Brasil
Rio de Janeiro
Duração : 12/2011 - 03/2013
Cliente : Consórcio Construtor Rio Barra - CCRB
Valor da prestação Egis : R$ 550.000,00
Extensão do escopo da prestaçaõ : 16 km
Número de estações : 7 novas estações

Visão geral do projeto

A construção da Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro é um projeto de transporte importante no quadro dos Jogos Olímpicos de 2016. A sua conexão à Linha 1, já existente, também é fundamental para atender à demanda de transporte na cidade.

A obra se destaca pelo comprimento particularmente longo do túnel entre as estações São Conrado e Jardim Oceânico, aproximadamente 5km. A linha também passa, de um lado, sob extensa camada montanhosa, o parque nacional da Tijuca, e do outro, sob uma área urbana de alta densidade, a Favela da Rocinha. Esses fatores tornam difícil, por questões ambientais, a construção de poços de ventilação. Por isso, o projeto foi objeto de uma análise específica para alcançar um nível aceitável de segurança contra incêndio compatível com a operação do sistema de transporte.

A Egis realizou os estudos de ventilação e evacuação no complexo de túneis que envolvem as estações Jardim Oceânico, São Conrado e Gávea (triângulo da Gávea).

Nossas missões

O objetivo da prestação foi realizar os estudos preliminares e definir os conceitos de ventilação e resgate (evacuação em caso de incêndio) nos túneis, de forma a garantir a segurança e o conforto dos usuários. Também foi avaliado o impacto destes conceitos na estrutura da obra civil e o dimensionamento das instalações de ventilação.

Nesse âmbito, foram realizados:

  • A análise de risco para a identificação precisa dos cenários de incêndio;
  • Os estudos com a finalidade de avaliar as estratégias de ventilação;
  • As recomendações para otimizar as características geométricas das comunicações intertubos (cross-passages), a localização, as dimensões e principais funções dos poços/galerias de exaustão.